02 set

7º LER soma investimentos de R$ 4,3 bilhões e contrata 1.043 MWp em usinas solares

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE – realizou nesta sexta-feira (28/8) o 7º Leilão de Energia de Reserva, que negociou 1.043 megawatts-pico (MWp) em energia solar fotovoltaica. O preço médio, ao final das negociações, foi de R$ 301,79 por MWh, com deságio de 13,53% em relação ao preço-teto estabelecido, representando uma economia de R$ 1,915 bilhão para os consumidores de energia. A disputa durou mais de sete horas, alcançando 87 rodadas de negociação.

Trinta empreendimentos de geração a partir da fonte solar fotovoltaica saíram vencedores do primeiro leilão exclusivo para projetos fotovoltaicos e deverão iniciar o fornecimento de energia a partir de 1º de agosto de 2017, com prazo de suprimento de 20 anos.

A movimentação financeira ao longo da duração dos Contratos de Energia de Reserva (CER) que serão firmados entre os geradores e a CCEE alcançará R$ 12,2 bilhões. A potência que será injetada na rede após a conversão da corrente contínua (energia solar) em corrente alternada (energia elétrica), será de 833,8 MW.

Da potência total negociada, o estado da Bahia concentrou a maior parte dos projetos com 406MWp. Os demais se espalham pelos estados do Piauí (353MWp), Minas Gerais (184MWp), Paraíba (94MWp) e Tocantins (6MWp).

Sobre o leilão

O leilão tem como objetivo a venda de energia de reserva, destinada a aumentar a segurança no fornecimento de energia elétrica ao Sistema Interligado Nacional (SIN), proveniente de usinas especialmente contratadas para este fim, seja de novos empreendimentos de geração ou de empreendimentos existentes.

Os resultados completos estão disponíveis no site da CCEE.

Share this

Leave a reply